O que é o câncer da pele

0 13 setembro 2016

O Instituto Nacional do Câncer (INCA) registra, a cada ano, 135 mil novos casos e o câncer da pele responde por 25% de todos os diagnósticos de câncer no Brasil. O tipo mais comum, o não melanoma, tem letalidade baixa, mas os números alarmam os especialistas. A exposição excessiva ao sol é a principal causa da doença. Nos Estados Unidos, a Academia Americana de Dermatologia estima que haja dois milhões de casos novos a cada ano.

A doença é provocada pelo crescimento anormal e descontrolado das células que compõem a pele. Estas células se dispõem formando camadas e, de acordo com a camada afetada, definimos os diferentes tipos de câncer. Os mais comuns são os carcinomas basocelulares e os espinocelulares. Mais raro e letal que os carcinomas, o melanoma é o tipo mais agressivo de câncer da pele.

A radiação ultravioleta é a principal responsável pelo desenvolvimento de tumores cutâneos, e a maioria dos casos está associada á exposição excessiva ao sol ou ao uso de câmaras de bronzeamento.

Apesar da incidência elevada, o câncer da pele não-melanoma tem baixa letalidade e pode ser curado com facilidade se detectado precocemente. Por isso, examine regularmente sua pele e procure imediatamente um dermatologista c

Posted in noticias by esiatech
0 13 setembro 2016

Durante o verão, aumentam as atividades realizadas ao ar livre. A radiação solar incide com mais intensidade sobre a Terra, aumentando o risco de queimaduras, câncer da pele e outros problemas. Por isso, não podemos deixar a fotoproteção de lado. Veja a seguir dicas para aproveitar a estação mais quente do ano sem colocar a saúde em risco.

Roupas e acessórios

Além do filtro solar (nosso de todo dia), no verão é importante usar chapéu e roupas de algodão nas atividades ao ar livre, pois  retêm cerca de 90% das radiação UV.  Tecidos sintéticos, como o nylon, retêm apenas 30%. Evite a exposição solar entre 10h e 16h (horário de verão). As barracas usadas na praia devem ser feitas de algodão ou lona, materiais que absorvem 50% da radiação UV.  Outro objeto que tem extrema importância são os óculos de sol, que previnem cataratas e lesões á córnea.

Filtro solar

O verão é o momento de intensificar o uso de filtro solar, que deve ser aplicado diariamente, e não somente nos momentos de lazer.  Os produtos com Fator de Proteção Solar (FPS

Posted in noticias by esiatech
0 12 setembro 2016

Importância do médico especialista

O dermatologista, ou o médico especializado em Dermatologia, tem uma formação ampla e diversificada. Além dos anos de graduação em Medicina, ele cursa um período de residência ou especialização na área, e isto amplia o conhecimento específico no diagnóstico e tratamento das doenças e tratamentos da pele.

Além disso, somente os médicos especialistas podem solicitar o Registro de Qualificação de Especialista (RQE). Trata-se de um registro que comprova que ele se especializou em determinado assunto. Com o registro poderá identificar-se como um médico especialista na área.

Infelizmente, nem todos os profissionais que se anunciam como dermatologistas são, de fato, especialistas no tema. Existem cursos de pós-graduação lato sensu realizados aos finais de semana, com apenas 360 horas, ou seja, 4% do tempo de estudo do dermatologista. Esta modalidade é reconhecida pelo MEC (Ministério de Educação) para fins pedagógicos; mas não para formação de especialista.

O Conselho Federa

Posted in noticias by esiatech
0 12 setembro 2016

O que é a Dermatologia?

Dermatologia é uma especialização médica cuja área de conhecimento se concentra no diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças e afecções relacionadas à pele, pelos, mucosas, cabelo e unhas.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia é a única sociedade médica reconhecida pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e pela Associação Médica Brasileira (AMB), sendo, portanto, a representante oficial dos Dermatologistas no país.

Quem é o dermatologista?

O dermatologista é o médico especialista no diagnóstico, tratamento e prevenção de doenças da pele, pelos, mucosas, cabelos e unhas. São mais de 3.000 doenças dermatológicas que afetam a pele de crianças, adultos e idosos.

O dermatologista atua no diagnóstico, prevenção e tratamento de doenças, além de orientar sobre cuidados gerais, solucionar problemas estéticos e trabalhar na manutenção da beleza da pele. Veja algumas doenças que os dermatologistas tratam: acne (espinhas), alergias, vitiligo, psorías

Posted in noticias by esiatech